A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

COMUNICADO: ASSUMIMOS E CUMPRIMOS O QUE ASSUMIMOS

A comissão concelhia do Partido Comunista Português, reuniu no dia 29/10/2009 para analisar o comportamento de muitos dos assistentes à tomada de posse da Assembleia Municipal em relação ao membro eleito da CDU, repetimos, eleito nas listas da CDU.

Nas últimas eleições para as Autarquias o candidato da CDU não votou nos chamados independentes nem votou nos candidatos do Partido Socialista, não se bateu por lugares, não se ofereceu, não procurou tacho, não se vendeu, não mentiu, não enganou nada nem ninguém.

Na Eleição da Mesa da Assembleia, para que fique bem claro ao bloguista do anonimato, a democratas de ocasião, socialistas ou independentes por oportunismo, o eleito da CDU votou no candidatos do PS à Mesa da Assembleia, como decisão da Comissão de Concelhia do PCP realizada em 19/10/2009, e votou PS porque essa era de todas as formas a que melhor servia a população de Campo Maior.

A votação foi de 9 para os chamados independentes (?), 8 para o Partido Socialista e um voto em branco, e este resultao vai trazer problemas e desconfianças, mas pode a população ter a certeza que não foi o celeito da CDU, António João Gonçalves a votar em branco.

Sendo o voto secreto, nós comunistas assumimos e cumpimos o que asumimos, somos responsáveis da orientação que defendemos, do caminho que escolhemos, das analises críticas e autocríticas que fazemos.

A unidade é um trabalho de todos e é bom para o concelho, mas porque tmos dignidade não permitiremos que o eleito da Assembleia Municipal, nosso camarada António João Gonçalves seja tratado por alguns que não sabem, não respeitam e não praticam a democracia, alguns que mudam de opinião como as suas conveniências, gente que os princípios e os valores não contam para atingr os seus fins.

Existe um voto em branco tem de ser pocurado ness saco de gatos que é o Partido Socialista e os chamados independentes, todos eles da área do Partido Socialista.

A Comissão de Concelhia do Partido Comunista Português reafirma a sua total confiança no militante António João Gonçalves e reafirma que quando for necessário votar de braço no ar votará sempre mas sempre do lado que melhor sirva os interesse legítimos da população e do oncelho. Venha a proposta de quem vier, e se tiver que votar contra , votará.

Porque não estamos dispostos a que o funcionamento da Assembleia seja uma coutada de quem ganhou ou de quem a queria ganhar.

Fazemos parte de um partido com hisória, história que nos orgulhamos, temso valores e princípios, defendemos a liberdade e por ela lutamos e lutaremos.

Os trabalhadores, os democratas, a população do nosso concelho pdem, nos bons e nos maus momentos contar com os comunistas.

Campo maior, 30 de Outubro de 2009