A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

terça-feira, 27 de setembro de 2011

GRANDE MANIFESTAÇÃO DIA 1 DE OUTUBRO


Dia 1 de Outubro tens mais uma oportunidade de demonstrar o desagrado face às medidas que o governo PSD/CDS com o apoio do PS levam a cabo com a aplicação do memorando da Troika que resulta numa forte agressão ao povo e aos trabalhadores, com o aumento das injustiças e da pobreza.

Este é mais um momento para provar que existem alternativas à exploração e ao capitalismo selvagem, do trabalho sem direitos e garantias.

Alternativa é a criação de uma sociedade socialista, tendencialmente Comunista. Onde exista trabalho com direitos e uma justa distribuição da riqueza.

Este tem sido o caminho, ao longo de 41 anos, que a CGTP- IN percorreu para defender quem trabalha.

Junta a tua à nossa voz, em Lisboa pelas 15:00 horas numa marcha desde o Saldanha aos Restauradores. E no Porto com partida à mesma hora da Praça dos Leões à Praça da Batalha.


CGTP-IN 41 - ANOS A DEFENDER OS TRABALHADORES

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

PCP apresenta propostas sobre a situação financeira da Região Autónoma da Madeira


Atendendo à actual situação financeira da Região Autónoma da Madeira, o PCP decidiu apresentar durante a tarde de hoje, segunda-feira, dia 19 de Setembro de 2011, através do seu Grupo Parlamentar na Assembleia da República, duas iniciativas com o objectivo de se garantir o rápido apuramento da situação financeira, do montante global da dívida pública e a execução da Lei de Meios, a saber:
1- Projecto de Resolução que “Recomenda ao Governo que solicite ao Banco de Portugal que determine de forma autónoma, rigorosa e transparente o valor total da dívida pública directa e indirecta da Região Autónoma da Madeira”; e
2- Projecto de Resolução que “Cria uma Comissão Parlamentar Eventual para o Apuramento da Situação Financeira da Região Autónoma da Madeira”.
Com estas iniciativas (cópias em anexo), o PCP propõe linhas de orientação e materialização de medidas de salvaguarda do interesse público regional, indispensáveis à definição de um novo rumo para o progresso e desenvolvimento futuros.

domingo, 11 de setembro de 2011

Festa do Avante 2011

Resumir a "Festa do Avante" aos 3 dias de Setembro em que as portas da Quinta da Atalaia se abrem para o mar de gente que marcou presença em 2011 é manifestamente pouco.

Pois a mesma se inicia quando a edição do ano anterior termina. E está em permanente actividade.

A base para todo este período de festa são as Jornadas de Trabalho, em que centenas de voluntários colaboram em todo o processo de construção até à presença nos respectivos pavilhões para receber os visitantes. Este ano, e mais uma vez, os Campomaiorenses marcaram presença em várias jornadas de trabalho fazendo equipa com diversos camaradas e amigos de concelhos do Distrito de Portalegre.

 
 Jornada de Trabalho

Além dos vinhos da região e dos pratos típicos (Ensopado de Borrego, no restaurante e a Açorda no Bar). Portalegre demonstrou que também tem músicos com grande qualidade. A  Banda "Paramusical" e a "Brigada 14 de Janeiro" de Elvas marcaram presença. Sendo estreia no caso da primeira e repetição na segunda.


Brigada 14 de Janeiro (Elvas)



Paramusical (Elvas)

Do desporto (Atletismo, Judo, Ginástica, etc...) à gastronomia nacional (representação de todos os dirtitos e ílhas) e internacional (pelos mais diversos países representados no "Espaço Internacional"), passando pela cultura ("Festa do Livro") , as artes (com destaque para a Bienal de Artes Plásticas" e "CineAvante"), pela música (mais de 8 palcos) e obviamente a política (grande comício de abertura e encerramento da Festa) e os temas da actualidade. Se pode e deve classificar como a maior festa construida pelo povo e para o povo e as classes trabalhadores. Ver algumas fotos aqui