A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Desemprego com ligeiras alterações (no distrito)




No mês de Junho, no concelho de Elvas, deram entrada 154 novas inscrições no Centro de Emprego, das quais 10 por despedimentos, 77 por fim de contrato de trabalho e 31 por outros motivos.

Segundo dados publicados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) relativos ao passado mês e Junho, inscreveram-se mais 152 pessoas (65 homens e 89 mulheres), cifrando-se em 1586 o número total de inscritos no Centro de Emprego de Elvas.

Do total de inscritos, 277 têm menos de 25 anos e 130 dos desempregados possuem habilitações inferiores ao 1º ciclo.

Mesmo assim, o número de inscritos baixou em Junho, havendo menos 11 pessoas que no mês de Maio.

Observando o que se passa no distrito de Portalegre, cinco concelhos (Crato, Elvas, Fronteira, Gavião, e Ponte de Sor) viram reduzir o número de desempregados, enquanto que nos outros dez (Alter do Chão, Arronches, Avis, Campo Maior, Castelo de Vide, Marvão, Monforte, Nisa, Portalegre e Sousel ) se verificou um ligeiro crescimento.

No total, o distrito possui agora, com os dados de Junho, 6652 desempregados, mais 30 que no mês anterior. O concelho de Elvas continua a liderar destacado a tabela, totalizando 1586 incritos, mais 319 que Ponte de Sor.

Concelho - Nº. Inscritos (Junho 2012)

Alter do Chão - 173
Arronches - 156
Avis - 210
Campo Maior - 461
Castelo de Vide - 120
Crato - 209
Elvas - 1586
Fronteira - 174
Gavião - 201
Marvão - 119
Monforte - 195
Nisa - 322
Ponte de Sôr - 1267
Portalegre - 1238
Sousel - 221

(Fonte IEFP)

Quanto ao Alentejo, Junho totalizou 28102 inscritos nos respectivos centros de emprego.

Semanário Linhas de Elvas, 9.Agosto.2012

2 comentários:

João Pinheiro disse...

estes são os números,que o Linhas nos diz como ligeiras alterações: Mas estas ligeiras alterações são sempre mas sempre para o aumento dos desempregados no Distrito,no País fruto desta politica que o PSD/CDS e a TROIKA levam HÁ prática com a cumplicidade do partido SOCIALISTA.É uma verdadeiro crime o que estão a fazer ao nosso povo.

Joao Pinheiro disse...

À