A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

domingo, 3 de outubro de 2010

Resolução Política da Direcção Nacional da JCP





A realização do 9° Congresso da JCP no passado mês de Maio foi sem dúvida um grande momento de reflexão e discussão da organização, que apontou como caminho o reforço do combate às politicas de direita, pelos direitos e aspirações da juventude e reafirmou o papel insubstituível dos jovens comunistas na vanguarda da luta da juventude portuguesa por uma vida melhor. Foi um congresso muito combativo, com muita alegria em que se destaca também o grande desfile realizado nas ruas de Lisboa.

A Direcção Nacional da JCP, reunida a 18 e 19 de Setembro de 2010, no Centro de Trabalho Vitória, em Lisboa, discutiu e analisou a situação política e social que os jovens portugueses vivem e traçou as linhas de trabalho da sua acção de acordo com a orientação geral saída do seu 9° Congresso. Resolução Política:

1 – Situação Política da juventude

1.1 Ensino Básico e Secundário

1.2 Ensino Superior

1.3 Ensino Profissional

1.4 Jovens trabalhadores

1.5 Situação Internacional

2 Actividade e luta

2.1 Vem p’ra luta! Por uma Escola Pública e Democrática!

2.2 Por um Ensino Superior com mais Acção Social, sem Propinas, Bolonha e fundações! Do que estás à espera? A solução é lutar!

2.3 Intervenção junto dos estudantes do Ensino Profissional

2.4 Intervenção junto dos Jovens Trabalhadores

2.5 17° Festival do Mundial da Juventude dos Estudantes

2.6 Quem faz a guerra não quer a Paz!

2.7 Festa do Avante!

2.8 31° Aniversário da JCP

2.9 Eleições Presidenciais


Apoio da JCP a Francisco Lopes

No dia 18, à noite, realizou-se um grande jantar convívio da JCP de apoio à candidatura de Francisco Lopes à Presidência da República, onde se afirmou que esta candidatura assume como nenhuma outra, as aspirações e a luta dos jovens portugueses, no sentido de um pais mais justo e soberano.

http://www.jcp-pt.org/

1 comentário:

joaopinheiro disse...

São jovens com uma imensa vontade de um mundo melhor,desde já saúdo-vos e digo-vos que eu e muitos homens e mulheres estamos convosco na mesma luta contra a mentira, o oportunismo os vira casacas, os que mudam de partido mais rápido do que mudam de camisa.
Queremos e temos direito ao sonho a uma vida melhor a uma verdadeira democracia com melhores salários melhores, mais justas e dignas reformas,melhor justiça,melhor ensino e para todos só assim os valores republicanos estarão cumpridos.