A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Freguesia de Carnide (Lisboa) "Almoço a um euro para fintar cortes nos subsídios"




A Junta de Freguesia de Carnide, em Lisboa, decidiu ajudar os seus funcionários a contornar os cortes dos subsídios de férias e do 14º mês, fornecendo-lhes diariamente um almoço a troco de um euro. No final do ano, a poupança individual atingirá os mil euros - mais ou menos, o equivalente ao valor perdido por imposição do Governo.


A ideia surgiu do presidente daquela autarquia, Paulo Quaresma, um dia após o anúncio da retirada do subsídios pela Administração Central. A Assembleia de Freguesia assinou por baixo, num gesto de unanimidade. E a medida já está a ser aplicada, desde há cinco dias, traduzindo-se no fornecimento de 35 refeições diárias.

Segundo Paulo Quaresma, o refeitório funciona "no próprio edifício sede da Junta de Freguesia". "Fizemos pequenas obras de adaptação do espaço, de uma cozinha já existente", explicou, ao JN, salientando que a iniciativa não representa qualquer custo para os cofres da autarquia.

"Este serviço é suportado pelos próprios trabalhadores directamente (a um euro) e pela verba resultante do corte dos subsídios (que ficariam retidos)", acrescentou. Na prática, cada funcionário tem direito a uma refeição que inclui sopa, prato, sobremesa, bebida e café.
 
"Com este sistema conseguimos criar um posto de trabalho. Temos uma cozinheira que estava desempregada há uns três meses", disse Quaresma, que admitiu ver com bons olhos a possibilidade de outras juntas de freguesia a nível nacional seguirem-lhe os passos.


Sem comentários: