A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

domingo, 8 de janeiro de 2012

Quem votou na CDU (PCP-PEV) não votou na Maçonaria.


PCP 14 deputados
PEV  2 deputados
BE     8 deputados
(Cerca de 10% da Assembleia da República)

Nove em cada dez deputados são dirigidos por maçons. Matos Correia (PSD) afirma que os políticos "não deviam poder pertencer a associações secretas". "Ridículo, tudo ridículo", indignou-se José Lello (PS).

E afinal não são dois os líderes parlamentares da maçonaria, como o DN ontem referiu. São, isso sim, três líderes parlamentares. Dirigem, ao todo, 206 deputados. Ou, dito de outra forma, quase 90% da Assembleia da República.
Além de Luís Montenegro (PSD) e Carlos Zorrinho (PS), também Nuno Magalhães, do CDS-PP, é "irmão". Tal como Carlos Zorrinho, integra a maior obediência maçónica portuguesa, o GOL (Grande Oriente Lusitano) - enquanto Luís Montenegro "milita" na segunda maior, a Grande Loja Regular de Portugal, integrando aqui a Loja Mozart, a mesma de personalidades como Jorge Silva Carvalho (ex-diretor do SIED, actual quadro da Ongoing) e Nuno Vasconcelos (o patrão da Ongoing).

Sem comentários: