A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

segunda-feira, 12 de março de 2012

Parque Escolar derrapa mais de 400% (Governo de José Sócrates) e PCP propõe extinção.

O PCP propõe a extinção da Parque Escolar EPE 

Obras escolares derrapam milhões

As obras do Parque Escolar custaram mais 1,3 mil milhões de euros do que o esperado, um valor que permitia cobrir a sobretaxa aplicada ao subsídio de Natal. Nas cerca de cem escolas intervencionadas, o custo da obra foi em média cinco vezes maior do que o orçamento esperado. As obras foram entretanto travadas pelo ministro da Educação, Nuno Crato, e decorre uma auditoria do Tribunal de Contas. O Correio da Manhã foi à rua saber a opinião dos portugueses sobre o 'buraco'.

Correio da Manhã, 7.março.2012


PCP pede auditoria à Parque Escolar EPE

O PCP quer uma auditoria do Tribunal de Contas à actividade da Parque Escolar EPE, a empresa que gere as obras nas escolas.
De acordo com o deputado comunista, Miguel Tiago, é necessária ?transparência? na adjudicação das obras que ascendem a 2,5 mil milhões de euros.

Ler mais aqui

Jornal de Notícias, 19.fevereiro.2010


Parque Escolar: FENPROF defende responsabilização civil e política.

Ler artigo aqui.

Diário Digital, 10.março.2012


Sem comentários: