A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Propostas da direita (PSD e CDS) agravam dificuldades dos portugueses.


Numa altura em que a realidade do país é de 450 mil trabalhadores desempregados, 740 mil contratados a termo, mais de 800 mil trabalhadores a recibos verdes, mais de 53% dos jovens são precários, cerca de 700 mil desempregados, cerca de 13% da população activa e em que o desemprego entre os jovens representa mais de 23%.

Face ao desemprego, face a esta situação qual é a solução que o PS, PSD e CDS apresentam ao país? o PSD quer aumentar a precariedade ate 2014 (no mínimo) propõe contratações até 2014 sem limite de termo nem justificação. Bastando para tal ser jovem ou desempregado de longa duração para ter um contrato, ainda mais, precário. PSD propõe igualmente que a segurança social pague parte do salário. O CDS como forma de demonstra que é tão o mais de direita que o PS e PSD propõem que o subsídio de desemprego seja dado à entidade patronal para esta pagar o vencimento ao trabalhador! saindo este de graça à empresa para qual efectua o trabalho! Os centristas propõem igualmente o aumento do contrato a termo de 3 anos para 6 anos! Aumentando desta forma o trabalho precário que só por si já é demasiado.

O Partido Socialista é culpado no agravamento das condições de trabalho, mas querem mais. Pretendem facilitar e tornar mais barato o despedimento, com as novas alterações ao código do trabalho. Substituindo desta forma trabalhadores actuais por trabalhadores sem direitos, precários e cada vez mais baratos.

Por parte do PCP dizemos basta! não precisamos de mais precariedade, não precisamos de mais contratos a prazo. Uma vez que somos o terceiro país da UE com mais precariedade.

O PS, PSD e CDs não resolvem problema nenhum do país porque eles fazem parte do problema. A solução passa pelo PCP pela promoção da produção nacional, por criação de trabalho com direitos e não pela precariedade. Como tem sido feito pelo actual e anteriores governos. Com os sucessivos patrocínios da Presidência da República.

Com os projectos de lei apresentados pelo PSD e CDS (24.02.2011) agrava-se a vida dos trabalhadores e do povo português! E desta forma ficam bem patente as verdadeiras intenções do PS e CDS (e do PS em anteriores iniciativas de código do trabalho) que é a exploração dos trabalhadores e o aumento da desigualdade entre as classes sociais.

Baseado na intervenção do Grupo Parlamentar do PCP, 24.02.2011

Sem comentários: