A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

quinta-feira, 6 de março de 2014

O PCP Celebra o 93º Aniversário - Parabéns!

1921 - Partido Comunista Português - 2014
 

"O Partido Comunista Português celebra hoje o seu 93.º aniversário. Fundado a 6 de Março de 1921, o seu aparecimento correspondeu à necessidade sentida por sectores politicamente mais conscientes do operariado português de criação de um partido de classe – um Partido da classe operária e de todos os trabalhadores - com o objectivo supremo de construção do socialismo e do comunismo.
 
Com o golpe de Estado de 1926, o PCP viria a ser ilegalizado e as suas sedes encerradas e, perante a fascização do Estado, foi o único partido a enfrentar e combater a ditadura fascista e a lutar, nas duras condições da clandestinidade, pelo seu derrube, através da Revolução Democrática e Nacional.
 
Com o 25 de Abril de 1974, é o Partido que se bate como nenhum outro pela realização de profundas transformações políticas, económicas, sociais e culturais, que se traduziram em importantes conquistas e realizações para servir os trabalhadores e o povo e melhorar as suas condições de vida, num País desenvolvido, independente e soberano.
 
Iniciado o processo contra-revolucionário com o I Governo Constitucional (PS/Mário Soares), o PCP transforma-se no partido da resistência a este processo e da defesa das conquistas revolucionárias de Abril, que, há 37 anos, três partidos – PS, PSD e CDS – que, sozinhos ou em coligação, se têm revezado no Governo, vêm procurando destruir.

Hoje, o Partido Comunista Português continua a ser o Partido da classe operária e de todos os trabalhadores. E é também o Partido de Abril, não apenas porque deu um contributo sem paralelo no panorama partidário português para a sua concretização e definição da sua natureza amplamente democrática, antimonopolista e anti-imperialista, como é hoje o Partido que assume e toma como referência a plenitude dos seus valores e conquistas.

Partido que se bate por um programa de desenvolvimento do País e cuja concretização é igualmente indissociável da luta que hoje trava pela ruptura com a política de direita e pela materialização de uma política patriótica e de esquerda.

Partido que se bate por um programa de desenvolvimento do País e cuja concretização é igualmente indissociável da luta que hoje trava pela ruptura com a política de direita e pela materialização de uma política patriótica e de esquerda.

Partido da verdade, da esperança e do futuro, portador do projecto da construção em Portugal de uma sociedade socialista – «uma so-ciedade de liberdade e de abundância, em que o Estado e a política estejam inteiramente ao serviço do bem e da felicidade do ser humano»  (Álvaro Cunhal, O Partido com Paredes de Vidro) – é o Partido a que vale a pena aderir, de que vale a pena ser militante. ..."
 
Manuel Rodrigues, Director do Avante!
 
Avante!, 6.Março.2014
 
Adere ao PCP!

Sem comentários: