A 9 de Maio de 1945, o Exército Vermelho decretava o "Dia da Vitória"

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Paulo Gonçalves - Apoiante da CDU Campo Maior


A saúde, como excelente indicador do quanto uma sociedade conseguiu progredir, em Campo Maior tem duas interpretações:
 
A praticada pelos anteriores executivos locais (PS), em sintonia com o poder central (PS, PSD e CDS).

Que decretou as sucessivas perdas de qualidade, redução de serviços, valências e horário de atendimento à população em geral. Face à aposta (até mesma na subscrição) nos cuidados de saúde privados. Que a maioria da população não tem acesso por carências económicas.
 
Onde quem ganha são os compradores e vendedores deste "serviço" sendo os utentes apenas, mais, um meio.
 
E a defendida / praticada pela CDU (PCP-PEV-ID), onde detém poder para além da sua promoção e defesa consegue colocar ao serviço da população o que de melhor o Serviço Nacional de Saúde proporciona.
 
O Centro de Saúde de Campo Maior que já funcionou permanentemente (24Horas), passou a encerrar à meia-noite, depois às 22:00 e desde o dia 1 de Novembro de 2011 que encerra às 20:00 durante a semana e às 14:00 aos Sábados Domingos e feriados!!

Desde esta data que a população de Ouguela ficou igualmente privada do seu já paupérrimo serviço de saúde de uma visita semanal!!
 
Não obstante estas reduções foram aumentadas as taxas moderadoras, reduzido o transporte de doentes e tornaram mais difícil o acesso a credenciais, exames complementares de diagnóstico e análises clínicas.

A CDU promove a defesa da Constituição da República Portuguesa, e sobre o tema da saúde o Artigo 64.º em particular.
 
Alguma da actividade da Coligação Democrática Unitária pode ser consultada aqui.
 
 

Sem comentários: